Um ano atrás, o mundo começava a entender que entrava em um dos momentos mais difíceis de sua história coletiva. Não. Não era uma grande guerra mundial ou uma grande catástrofe natural. Um vírus viria para mobilizar o mundo, e o que conhecíamos como normal mudou, quase que de uma hora para outra.

Uma tragédia coletiva que forçou escolas a adaptarem seus serviços. A tecnologia reforçou seu papel de grande aliada do aprendizado, permitindo que crianças e professores ficassem protegidos em casa, mas que não perdessem as oportunidades de aprendizagem, mesmo que em ambiente virtual. O século 21 trouxe demandas que vão além do ensino de conteúdo e passam pelo aprendizado de habilidades essenciais para a formação do cidadão atuante na construção de um futuro melhor. O uso de plataformas digitais para formalizar o aprendizado tem se tornado um grande recurso do ensino remoto, que tirou crianças do perigo de contágio e as colocou em contato com o aprendizado da língua, na segurança de seus lares. Professores precisaram se reinventar, a fim de trazer para seus alunos o mesmo ensino de qualidade do ambiente presencial. Aprender remotamente é natural para as crianças do século 21, que já convivem com o mundo digital desde bem cedo, quando assistem a vídeos no YouTube, com músicas e parlendas para a diversão. Na verdade, ambientes virtuais favorecem o desenvolvimento de habilidades e ajudam as crianças a vivenciarem novas aprendizagens, de forma interativa.

O mundo globalizado convida nossos filhos a serem mais preparados digitalmente e a desenvolverem adaptabilidade e flexibilidade diante de adversidades e situações inéditas. As aulas online trouxeram a afirmação de que a tecnologia é uma aliada de alunos, professores e pais. Ela protegeu a aprendizagem das crianças e trouxe a continuidade de um ecossistema mais seguro para que elas possam crescer e se desenvolver.

Um dos desafios está em criar, em casa, a rotina da escola. Como? O professor vai estar em sala no horário marcado; o aluno, também. A palavra rotina traz um ponto muito importante para que as aulas remotas possam acontecer de forma mais tranquila e natural. Acordar, tomar banho, colocar o uniforme são atividades da rotina das crianças ao tempo de aulas presenciais e que ajudam a manter a concentração e a entender que o momento é de aprendizagem com os professores e demais coleguinhas. Daí, vivenciar aquilo que os professores e as plataformas especializadas trazem para dentro de nossas casas, fica mais fácil e natural. Toda a tecnologia será bem-vinda quando aliada a um trabalho sério oferecido pelos professores e escolas. Sempre com o apoio dos pais, também agentes no processo!

O movimento constante do mundo, principalmente em tempos de pandemia, faz com que as práticas educacionais mudem, demandando reflexão e direcionamento a novas mudanças. A única coisa que permaneceu a mesma nesse novo normal foi o desejo, de pais e professores, de que os seus filhos/alunos aprendam de forma prazerosa e eficaz.

Teamwork. Trabalho em equipe.

 

Extra!

Stay home. Stay safe.